Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

30
Mai16

Estádio de Bordéus (Bordéus)


RSolnado

O Stade de Bordeaux foi inaugurado em 2015, tendo capacidade para 42 mil espectadores. Desenhado e engenhado pela mesma equipa que esteve por trás da construção do Allianz Arena em Munique, não podia deixar de ser um dos estádios mais vistosos do ponto de vista estético. Custou 168 milhões de euros.

 

O interior foi pensado com modernidade, bancadas próximas do relvado, dá um conforto ao espectador muito diferente do velhinho Estádio Chaban-Delmas, palco do Mundial 1938 e 1998, e onde estive em 2013 e diga-se, não era muito amigo do espectador no que concerne a ver o jogo com clareza e conforto. Do lado exterior, a cobertura parece ser suportada por centenas de pequenos mastros, sendo um estádio mais um monumento integrado numa área verde, junto ao Rio Garrone.

 

Neste Europeu irá receber um total de 5 jogos, quatro da primeira fase e um dos quartos-de-final. O primeiro jogo será ao 2º dia, com o País de Gales a enfrentar a Eslováquia. Tal como em Marselha, Lyon, Toulouse e Saint-Étienne, o relvado aqui também é híbrido.

 

Dado a beleza do estádio, merece uma fotografia da envolvente exterior.

 

30
Mai16

Estádio de Toulouse (Toulouse)


Pedro Varela

toulouse.jpg

O Estádio de Toulouse tem lotação para 33 mil lugares e situa-se na cidade de Toulouse, conhecida como "La Ville Rose". Foi renovado para o Euro 2016, numa obra estimada em 70 milhões de euros, concluída em Janeiro deste ano. É a casa do Toulouse FC no campeonato francês.

 

Serão realizados 4 jogos neste Europeu, três da fase de grupos e um dos oitavos de final. O primeiro jogo neste estádio será o Espanha - República Checa no dia 13 de Junho.

 

O estádio foi construído em 1937 e fez parte do palco do Mundial de 1938 organizado pela França. Nessa altura ficou conhecido como o "mini Wembley", pelas parecenças com o original estádio Inglês. Recebeu nesse evento o jogo entre Cuba e Roménia, com direito a novo jogo de desempate para determinar o vencedor. Na altura, Cuba eliminaria a Roménia, jogando nos quartos de final diante da Suécia.

No Mundial de 1998 recebeu quatro jogos da fase de grupos e um jogo dos oitavos de final. 

 

30
Mai16

Parque dos Príncipes (Paris)


RSolnado

 

O Parque dos Príncipes, que dá nome a este blogue, é sem dúvida um dos mais icónicos estádios do futebol europeu. Inaugurado em 1897, conta quase 120 anos de história, e três grandes modernizações, a última em 1972, em que as bancadas foram reconstruídas. Como não podiam deixar de ser sofreu obras de melhoramento tendo em vista o Euro 2016, albergando agora 48 mil espectadores dentro do mais luxuoso conforto (Não fosse o PSG um dos novos milionários do futebol moderno).

 

Neste Europeu não podia ficar de fora e será palco de 5 jogos, quatro da fase de grupos, onde se inclui o Portugal-Áustria, e ainda um jogo dos oitavos de final.

 

Nesta catedral do futebol europeu, disputaram-se três finais da Taça dos Campeões Europeus, duas da Taça das Taças e Taça Latina e uma Taça UEFA. Foi no Parc des Princes que a França de Platini derrotou a Espanha na final do Euro 1984, e foi também aqui que a URSS venceu a Jugoslávia em 1960, na final do primeiro Euro. Também aqui se jogaram 3 partidas do Mundial 1938 e 6 do França 98. Um estádio carregado de história!

30
Mai16

Estádio de Lyon (Lyon)


Pedro Varela

lyon.jpg

 

O Estádio de Lyon tem lotação para 58 mil lugares e situa-se na cidade de Lyon. Conhecido também como Parc Olympique Lyonnais, é uma obra que vai mais além que um estádio de futebol, inserido num parque desportivo com 50 hectares onde se inclui um centro de estágio, hotéis e escritórios num custo total que rondará os 500 milhões de euros.

 

Serão realizados 6 jogos neste Europeu, quatro da fase de grupos, onde se inclui o Hungria - Portugal, um dos oitavos e, tal como em Marselha, será aqui que se decidirá no dia 6 de Julho o primeiro finalista do Euro 2016. O primeiro jogo neste estádio será o Bélgica - Itália no dia 13 de Junho.

 

Como curiosidade este é o primeiro estádio totalmente privado no futebol francês, pago entre o clube e os investidores. Devido à imponência da obra e a engenharia financeira necessária, foi o último estádio do Europeu de 2016 em França a estar concluído. O jogo de inauguração foi entre o Lyon e o Troyes com a equipa da casa a vencer por 4-1.

 

30
Mai16

Estádio de Nice (Nice)


RSolnado

 

O Estádio de Nice (Allianz Riviera é o seu nome comercial) foi inaugurado em 2013 e custou 245 milhões de euros, um sonho muito aguardado pelos adeptos do clube da Côte d’Azur, que durante mais de uma década viram os planos para a construção do Estádio adiados. Tem capacidade para 35 mil espectadores, e a sua construção só foi mesmo avante devido ao Euro 2016, deixando o Nice o velhinho Estádio Léo-Langrange.

 

Vai acolher um total de 4 jogos, três da fase de grupos, e um dos oitavos de final. O primeiro jogo será o Polónia-Irlanda do Norte, a 12 de Junho.

 

É um estádio ecológico e que se auto sustenta energeticamente: Os mais de 4.000 paineis solares da área envolvente produzem três vezes a energia necessária para a utilização do recinto, e a água da chuva é escoada desde a cobertura para reservatórios, servindo para a rega do campo.

30
Mai16

Estádio Saint-Denis (Paris)


Pedro Varela

saintdenis.jpeg

O Estádio Saint-Denis tem lotação para 80.000 lugares e é o maior de França. Situa-se em Paris, a 10 quilómetros do centro da capital francesa. Construído para o Mundial/98, foi inaugurado em Janeiro desse ano. É a casa da Selecção Gaulesa.

 

Serão realizados 7 jogos neste Europeu, quatro da fase de grupos, um dos oitavos, um dos quartos de final e será neste estádio que se decidirá o próximo campeão da Europa quando a final for jogada a 10 de Julho. Um mês antes dessa final, fará as honras da competição com a abertura do Europeu no dia 10 de Junho com o jogo entre a França e a Roménia.

 

Palco habituado a grandes eventos, durante o Mundial/98 recebeu 9 jogos, foi lá que a França derrotou o Brasil por 3-0 tornando-se campeã do mundo. Como curiosidade, o primeiro golo a ser marcado neste estádio foi da autoria de Zinedine Zidane na vitória da França por 1-0 sobre a Espanha.

 

30
Mai16

Estádio Geoffroy-Guichard (Saint-Étienne)


RSolnado

 

O Estádio Geoffroy-Guichard é casa do histórico Saint-Étienne desde 1931. Com capacidade para 42 mil espectadores, já sofreu diversas melhorias, das quais se destacaram para o Mundial/98 a instalação de nova iluminação na parte superior das bancadas, e para este Europeu/2016, em que depois de muita discussão sobre a hipótese de construir um novo estádio, a escolha passou pela reconstrução das bancadas atuais e construção dos quatro “cantos”, fechando finalmente o estádio.

 

Em 2016 vai receber 4 jogos, três da fase de grupos, abrindo com o Portugal-Islândia, e um dos oitavos de final. A Inglaterra também vai voltar a este Estádio, onde foi disputado o histórico Argentina-Inglaterra do Mundial/98. Nesse evento recebeu ainda mais 5 jogos, além de ter sido palco de dois jogos no Europeu/84.

 

Conhecido entre os adeptos verdes como “Le Chaudron”, ou seja, o Caldeirão, alcunha derivada do ambiente fervoroso que se vive nos jogos da equipa local, deve o seu nome ao fundador de uma cadeia de casinos que sustentou o clube durante anos.

 

É um dos 5 estádios que apresenta um relvado hibrido AirFibr, em que a relva natural está assente num substrato composto por areia, cortiça e fibras sintéticas.

 

30
Mai16

Estádio Vélodrome (Marselha)


Pedro Varela

AFP BORIS HORVAT

 

O Estádio Vélodrome tem lotação para 67 mil lugares e situa-se na cidade de Marselha, a mais antiga do país com 2.500 anos. Sofreu obras de renovação para o Europeu de 2016, concluídas em Setembro de 2014 num total de mais de 250 milhões de euros como custo total. É a casa do Olympique de Marseille.

 

Serão realizados 6 jogos neste Europeu, quatro da fase de grupos, um dos quartos de final e será neste palco que se decidirá um dos finalistas da competição. O primeiro jogo neste estádio será um clássico Inglaterra - Rússia no dia 11 de Junho. 

 

O Estádio Vélodrome foi construído a pensar no Mundial/38 e rapidamente se tornou a casa do Marselha quando o Stade de l’Huveaune já era curto para a dimensão do clube. Foi neste estádio que se escreveu um das mais brilhantes páginas de Europeus quando se jogou o França 3-2 Portugal de má memória para nós, mas de um romantismo incrível. No Europeu/84 recebeu dois jogos, frase de grupos e meias finais, no Mundial/98 recebeu cinco jogos da fase de grupos, oitavos, quartos e meias finais.

 

30
Mai16

Estádio Pierre-Mauroy (Lille)


RSolnado

 

O Estádio Pierre-Mauroy é um estádio multiusos, alberga pouco mais de 50 mil espectadores e encontra-se nos arredores de Lille. Inaugurado em 2012, custou 282 milhões de euros e veio responder à necessidade do clube local ter um estádio maior que o anterior, demasiado pequeno para albergar a equipa que se sagrou campeã de França em 2011, com Hazard, Cabaye e Rami no onze titular, todos eles convocados para este Euro.

 

Com um tecto retráctil que cobre o Estádio por completo em apenas 15 minutos, recebeu o ano passado a fase final do Eurobasket, e em 2014 na final da Taça Davis entre Suiça e França, estabeleceu-se o recorde oficial de assistência a uma partida de ténis, com mais de 27 mil espectadores.

 

Neste Europeu vai acolher 6 jogos, quatro na fase de grupos, um deles curiosamente o Suiça-França. Irá acolher ainda um jogo dos oitavos e outros dos quartos de final. Deve o seu nome ao antigo presidente da Câmara de Lille entre 1973 e 2011, e primeiro-ministro entre 1981-1984.

30
Mai16

Estádio Bollaert-Delelis (Lens)


Pedro Varela

© Office de Tourisme de Lens-Liévin - Emmanuel DAIX

O Estádio Bollaert-Delelis tem lotação para 36 mil lugares e situa-se na cidade de Lens. Foi renovado para o Euro 2016, durante a época 2014/15 o que obrigou o Lens a jogar noutro estádio. A conclusão da obra foi em Maio de 2015. Habitualmente, a casa do RC Lens, uma pequena cidade que caberia toda no estádio.

 

Serão realizados 4 jogos neste Europeu, três da fase de grupos e um dos oitavos de final da competição. O primeiro jogo neste estádio será o Albânia - Suíça no dia 11 de Junho.

 

Inaugurado em 1934, já é um velho conhecido como palco de grandes competições. No Europeu/84 recebeu dois jogos da fase de grupos e no Mundial/98 recebeu cinco jogos da fase de grupos e um jogo dos oitavos de final na vitória da França por 1-0 sobre o Paraguai. Conhecido como Estádio Félix-Bollaer, este último antigo director da companhia mineira de Lens, viu o nome ser alterado em 2012 quando André Delelis, autarca local e fervoroso adepto do Lens morreu.