Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

07
Jun16

Rendez-Vous com Rui Miguel Tovar


J.G.

OriginalSize$2016_05_13_19_28_25_167660.jpg

O Rui Miguel Tovar é um dos grandes craques  da escrita e da comunicação sobre futebol em Portugal. Enciclopédico, bem disposto, aberto a receber, discutir e partilhar informação à volta do futebol, com vários livros publicados. O mais recente é O Grande Livro da Selecção, editado a tempo de acompanhar o Europeu. No nosso rendez-vous nota-se uma certa admiração por Müller, coisa pouca.

 

- Que Selecção consideras ser a grande favorita a ganhar a final de St. Denis no dia 10 de Julho?

Se o Thomas Müller estiver em forma, a Alemanha. Se o Thomas Müller jogar assim-assim, a Alemanha.

 

- Dos 24 países presentes em França em qual apostas como grande surpresa do torneio?

Se o Thomas Müller vestir o manto da invisibilidade e a Alemanha chegar à final, seria uma surpresa grande, enorme, gigantesca.

 

- De todos os craques consagrados que vão pisar os relvados gauleses, quem achas que vai ser o melhor jogador?

Essa é fácil: Thoooooomaaas Müüüüüüüller.

 

- Em que jogador apostas para grande revelação do Euro'2016?

Uyyyyyyyy, essa é tramada. Deixa-me pensar se faz favor (...) Só mais um pouco (...) Se correr para a frente, como sempre, e se chutar sem medos à baliza, como em Guimarães, aí terá de ser o Renato Sanches, novo companheiro de equipa do... Thomas Müller no Bayern.

 

- De todos os jogos que já viste de campeonatos europeus qual foi o melhor golo de sempre?

Das três, uma: ou o 1-0 do Van Basten vs Inglaterra na fase de grupos de 1988 ou o 2-1 do Van Basten vs RFA na meia-final de 1988 ou o 2-0 do Van Basten vs URSS na final de 1988.

E agora?

Das três, uma: ou é o primeiro por ser do contra em relação a países que deixaram de o ser ou é o segundo por ter sido em cima do minuto 90 ou é o último porque sim.

E agora?

Huuuummm, alinho pelo bloco C: pelo cruzamento do Mühren, pela estética do vólei sem ângulo quase nenhum, pelo ar atarantado do Dasaev, pelo sorriso inaudito do esfíngico Rinus Michels e, above all, pelo telefonema do meu pai em directo do estádio. Onde? Em Munique, casa do Bayern, onde joga o Thomas Müller.

(Enviado do meu ZX Spectrum)

 

Optámos por ilustrar com o golo à RFA , que tanto doeu ao escriba deste post em 1988. Aliás, fica o resumo rápido dessa batalha épica em Hamburgo para recordar. O golo de Van Basten é à passagem do 2º minuto do resumo: