Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

07
Jun16

Grupo E: Suécia


Pedro Varela

  • FIFA Ranking 35
  • Grupo E
  • Treinador Erik Hamrén 
  • Primeiro jogo República da Irlanda

 

 

Falar da Suécia é, inevitavelmente, falar de Ibrahimovic, a estrela maior da companhia. Um jogador absolutamente fundamental, maior goleador da história do país, na fase de qualificação marcou 11 dos 19 golos dos nórdicos e muito dependerá dele a ambição do conjunto Sueco para, no mínimo, chegar a uns quartos final, como aconteceu em Portugal em 2004. Já a melhor classificação de sempre, o terceiro lugar, no célebre Europeu de 1992 ganho pela Dinamarca, parece-me demasiado ambicioso para este conjunto.

Mas podemos, e devemos, falar da estabilidade que a Selecção da Suécia apresenta nos últimos 7 anos sob o comando do actual Seleccionador. Apostado no início a apresentar um esquema táctico mais ofensivo assente num 4x2x3x1, mudou mais recentemente para um 4x4x2 onde Berg é peça fundamental no apoio a Zlatan Ibrahimovic.

Hamrén não tem a pressão dos resultados em cima de si, sabe já que não irá continuar à frente dos destinos da Selecção após o Europeu de França, e por isso, após um Europeu onde se qualificou de forma muito clara, 8 vitória em 10 jogos, mas falhou o acesso ao Mundial do Brasil, só pode colocar a Suécia em campo, em terras gaulesas, sem receio de bater-se bem contra Bélgica e Itália, a pensar que neste Europeu o terceiro lugar ganhou outra importância. 

Se na frente de ataque há soluções até porque Ibrahimovic é o "único jogador de classe mundial", disse o seu Seleccionador, é na defesa que haverá alguma preocupação, Granqvist não é dos mais rápidos e a aposta poderá passar pelo mobilidade de Lindelof.

 

Craque

Zlatan Ibrahimovic

112 internacionalizações e 62 golos, não há muito a acrescentar quando falamos deste tremendo jogador mundial. Qualidade técnica absolutamente incrível, tem feito dos melhores golos que história do futebol tem visto, temperamental, mas lutador e nunca vira a cara à luta. O seu percurso nos últimos 10 anos nos diferentes clubes por onde passou é incrível: 9 títulos de campeão nacional!

 

Revelação

Victor Lindelof

Há quem garanta que é um dos melhores defesas centrais jovem que apareceu nos últimos 10 anos na Suécia. Em 4 anos o percurso profissional é, de certa forma meteórico. Estava na equipa B do Benfica, em 2012, em três anos chegou ao plantel principal do actual campeão português e foi uma aposta ganha do seu treinador na segunda parte da época na Liga Portuguesa. Ao lado de Granqvist pode dar a segurança defensiva que esta Selecção precisa.

 

Onze Tipo

Isaksson; Lustig, Lindelof, Granqvist, Olsson; Lewicki, Kallstrom, Larsson, Forsberg; Berg e Ibrahimovic.