Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

07
Jun16

Grupo E: Itália


Pedro Varela

  • FIFA Ranking 12
  • Grupo E
  • Treinador Antonio Conte
  • Primeiro jogo Bélgica

 

 

A Itália não é candidata a vencer o Europeu de França. É fácil dizê-lo, não a considerarmos no lote de Selecções onde incluímos a Alemanha, França ou Espanha. Não quero dizer com isto que não pode consegui-lo, seria um erro, que, nenhum adepto de futebol, quer cometer. Seja pela qualidade defensiva tão tradicional na Azzurra, seja pela experiência dos seus jogadores, não podemos deixar de fora nem que seja do lote de candidatos de segunda linha. A expierência ainda é um posto, de um possível 11 titular, há, provavelmente, 9 jogadores com mais de 29 anos. 

No 3x4x3 que habitualmente apresenta, por vezes alterado para um 4x4x2, continua haver rigor defensivo, seja porque há Buffon, Chiellini ou Bonucci, mas falha, claramente, na frente de ataque onde Graziano Pellè não chega para balançar as redes dos adversários mais vezes. Aliás, na qualificação foi o melhor marcador da Selecção com apenas 3 golos, daí que o regresso de Insigne seja muito apreciado.

Montolivo terá sido uma das surpresas quando foram anunciados os 7 jogadores que ficaram de fora do lote dos 23 que irão estar em França, tal como Jorginho.

Ainda assim, estamos a falar da Itália, e por vezes, a Selecção com mais empates em Mundiais, por exemplo, mesmo sem Pirlo ou Giovinco, terá sempre uma palavra a dizer, a começar pelo grupo que quererá vencer e para isso terá de suplantar a Bélgica nessa luta que terá lugar no dia 13 de Junho. Não se podia pedir melhor primeiro embate para ver em que estado está Selecção Italiana!

 

Craque

Gianluigi Buffon

156 internacionalizações, 38 anos e um marco da Selecção Italiana. São 9 as presenças em fase finais de grandes competições, é ele que comanda a equipa, a voz de Conte dentro de campo, com as qualidades que todos lhe reconhecem: a graciosidade das suas defesas, os reflexos incríveis e claro o espaço que ocupa entre os postes capaz de assustar até o mais experiente avançado. 

 

Revelação

Lorenzo Insigne

8 internacionalizações e 2 golos. O avançado do Nápoles esteve ausente da Selecção por dois anos, talvez pela dedicação mais ao clube que aos destinos da Squadra Azzurra. Regressou em Março para alguns amigáveis, e numa Selecção que precisa urgentemente de homens golo, poderá ser uma importante peça no xadrez de Conte para derrubar as defesas adversárias.

 

Onze Tipo

Buffon; Barzagli, Bonucci, Chiellini; Florenzi, Motta, Parolo, Giaccherini; Candreva, Immobile e Pellè.