Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

07
Jun16

Grupo E: Bélgica


Pedro Varela

  • FIFA Ranking 2
  • Grupo E
  • Treinador Marc Wilmots
  • Primeiro jogo Itália

 

Admitamos todos, os adeptos do futebol, da irreverência e, quem sabe de uma certa surpresa, que estamos curiosos para ver o que pode fazer esta Selecção no Europeu de França. Candidata a vencer? Não diria, esse lote é muito restrito aos eternos Alemanha, França e Espanha, mas há um certo favoritismo desta Selecção, tendo até em conta o lugar que ocupam no ranking mundial da FIFA. Objectivo em França? Superar o segundo lugar no Euro/80 ou o quarto no Mundial/86, creio que é algo ambicioso.

É uma geração de jogadores que alimenta o sonho de um país que há dois anos caiu nos quartos de final perante um dos finalistas do Mundial no Brasil, que suporta o projecto de Marc Wilmots e fica sempre a sensação que, em qualquer altura a surpresa pode chegar. Recordemos que Wilmots quebrou o jejum da Bélgica em Europeus que 16 anos depois regressa aos grandes palcos do futebol.

Entre um 4x3x3 e um 4x2x3x1, a Bélgica é uma selecção forte a defender Alderweireld, Denayer ou Vertonghen, nalgumas situações os centrais adaptados a laterais, que tentará que não seja sentida a falta de Kompany e Lombaerts, com uma dinâmica muito combativa e pressionante no meio campo, Witsel, Fellaini, Nainggolan e um ataque que na fase de qualificação valeu 24 golos, apenas superada pela Inglaterra, Suíça e Polónia, onde se destacam de Bruyne, Hazard, Lukaku, Origi e Benteke, capaz de fazer corar muitas das 24 Selecções que estão presentes neste Europeu. 

 

Craque

Eden Hazard

62 internacionalizações e 12 golos, a estrela do Chelsea chegará a França com vontade de mostrar que apesar da época decepcionantes do seu clube, a sua ambição pessoal não estará afectada. Veloz, desequilibrador, finta fácil e constantemente posicionando na zona de finalização, marcou 5 golos em 9 jogos de qualificação, o capitão de 25 anos terá a missão de dirigir em campo as ideias de Wilmots.

 

Revelação

Ferreira-Carrasco

4 internacionalizações e 0 golos. Silenciou o Emirates Stadium com um golo de excelente qualidade na vitória do Mónaco diante do Arsenal para a Liga dos Campeões, valeu-lhe a transferência para o Atlético Madrid onde sob as ordens de Diego Simeone fez mais de 40 jogos entre La Liga, Copa Del Rey e Liga dos Campeões. Wilmots poderá sacrificar um médio centro para colocá-lo no apoio ao avançado e será nesse esquema que poderá ser mais útil.

 

Onze Tipo

Courtois; Denayer, Alderweireld, Vertonghen, Jordan Lukaku; Witsel, Fellaini, Nainggolan, De Bruyne, Hazard e Lukaku.

 

1 comentário

Comentar post