Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

05
Jun16

Grupo C: Alemanha


RSolnado

  • Fifa ranking 4
  • Grupo C
  • Treinador Joachim Löw
  • Primeiro jogo Ucrânia

 

Os campeões do Mundo são naturalmente um candidato claro a vencer no Euro 2016, embora 9 dos elementos que estiveram no Brasil não estejam em França este ano, o que em somente dois anos, é um número elevado de mudanças. Ainda assim será ingénuo pensar que a Alemanha está menos forte, as principais baixas para este Europeu já o eram para o Mundial, Gundogan e Reus voltam a falhar uma fase final por lesão, e o lote de convocados tem muita juventude mas tudo jogadores que já estão a dar cartas ao mais alto nível.

Nos últimos jogos Joachim Löw tem testado um sistema alternativo ao habitual 4-2-3-1 que tão bons resultados tem dado, com 3 defesas, numa espécie de 3-5-2, desdobrando para 3-3-3-1. Contudo na convocatória final nota-se a ausência de um homem com capacidade para fazer todo o flanco direito pelo que é expectável que volte a uma defesa de 4 elementos, com o defesa-direito a ser uma adaptação, já que só há um lateral de raíz na convocatória – Jonas Hector, o canhoto do Colónia (Durm e Schmelzer, do Dortmund foram preteridos, Lahm retirou-se da Selecção). Com 6 homens que podem jogar a central nos convocados, poderá ser, tal como no Brasil, um central a jogar adaptado à lateral, ou então o faz tudo do Liverpool, Emre Can.

Outro factor interessante de observar será o regresso de Mario Gomez à equipa nacional, que volta assim a ter um clássico “panzer” no centro do ataque, algo que faltou em 2014, onde só Klose, e a espaços, era opção natural para esse lugar.

 
Craque
Thomas Müller

Numa equipa recheadas de craques, o versátil avançado tem sido a referência ofensiva e um garanto de golos. Jogando na frente, atrás ou lado de outro avançado e mais sobre uma ala, o craque do Bayern tem golo, que é o que sabe fazer melhor. Além disso, passou ao lado do Euro 2012 onde não marcou qualquer golo, depois de ter brilhado nos Mundiais de 2010 e 2014. Aos 26 anos e depois da sua melhor época de sempre no Bayern, apontou 32 golos em todas as competições, espera-se muito neste Europeu.

 
Revelação
Julian Weigl

Não será um titular indiscutível, mas acredito que os habituais problemas físicos de Khedira e Schweinsteiger podem abrir espaço no meio-campo para a utilização do jovem médio do Borussia Dortmund, onde pegou de estaca esta temporada. Exímio na recuperação de bola, distribui como muito critério, e a sua excelente leitura de jogo faz com que apareça em todo o lado constantemente. Aos 20 anos joga em campo como quem tem 30, ainda estará longe de ter confirmado todo o seu potencial.

 
Onze Tipo
Neuer; Can, Hummels, Boateng e Hector; Khedira, Kroos; Muller, Ozil, Draxler; Gomez.