Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

Parque dos Príncipes

Espaço dedicado à cobertura do Campeonato Europeu de Futebol de Selecções a decorrer em França de entre 10 de Junho e 10 de Julho

12
Jun16

Alemanha 2 - 0 Ucrânia: De Susto em Susto Até à Vitória Mais Folgada (Até Agora)


J.G.

539587600.jpg

 

A Alemanha entrou no Euro a ganhar cumprindo assim o primeiro objectivo em França. Também entrou no jogo a ganhar. Em 19' a equipa de Low pegou no jogo e fez o golo inaugural. Pensou-se que ia ser uma noite tranquila para os campeões do mundo mas não foi bem assim.

Ganhar por 2-0, resultado mais dilatado do torneio, até agora, e ter como melhor em campo o guarda redes, é estranho. Sabendo que o golo que foi dando a vantagem alemã até foi apontado por um defesa, Mustafi estreou-se a marcar pelo país, e que o golo da tranquilidade só apareceu no último minuto fruto de um excelente contra ataque, dá para ter uma ideia do que foi esta estreia.

 

A Alemanha mostrou argumentos interessantes do meio campo para a frente, como é hábito. Müller, Özil, Draxler e Götze sempre prontos a criarem dificuldades. Mas atrás há motivos de preocupação para Low. Os espaços entre os centrais e os laterais não estão bem geridos, tal como a distância entre a dupla Kroos, Khedira para a zona defensiva quando apanhados em contra golpe. 

A Ucrânia mostrou-se muito bem arrumada defensivamente e interessante nas saídas com bola rápidas, Konoplyanka e Yarmolenko em grande destaque na hora de criar oportunidade. E a verdade é que acabaram a primeira parte muito perto do golo do empate. A resistência germânica deveu-se a Neuer e Boateng que tem o corte mais espectacular do Euro. Valeu como se fosse um golo.

Na 2ª parte a Ucrânia não voltou a ser atrevida e o jogo decorreu no meio campo amarelo. Com um relvado num estado latismável para uma prova deste nível, a Alemanha procurou várias soluções atacantes e ensaiou algumas movimentações quase sempre anuladas pela defesa ucraniana. Também não foi uma noite inspirada dos principais atacantes alemães, com Müller à cabeça deste exemplo.

Sem conseguir fazer o golo tranquilizador, a Alemanha ia sofrendo um golo caricato. Um pontapé do guarda redes Pyatov apanhou Mustafi e Neuer desentendidos, o central cabeceou para a sua baliza não reparando no habitual adiantamento de Neuer. A bola saiu ao lado da baliza mas ainda houve a tentativa de um avançado em corrigir a trajectória. Valeu Neuer a recuperar e Boateng a atirar para longe. Um enorme susto que motivou a Ucrânia a um último esforço à procura do empate. Acabou por ser traída nesse balanço ofensivo com o tal golo de Schweinsteiger que veio do banco para fechar o resultado final.

Boas indicações da Ucrânia e dúvidas sobre se a Alemanha teve só uma noite menos inspirada ou se há problemas mais sérios. Para já, os campeões do Mundo começam bem.

 

Melhor em Campo: Manuel Neuer